Como economizar dinheiro – Dicas para fazer render usando crédito

Mulher pensando em como economizar.

As dicas para economizar dinheiro são sempre óbvias, não é? Isso porque, em geral, existe mesmo uma fórmula, que é baseada em rever seus gastos, cortar gastos e planejar cada passo. Isso não está nem um pouco errado, mas já parou para pensar que existe uma forma de economizar utilizando crédito e investimentos?

A maioria das pessoas recorre a modalidades de crédito mais comuns e apenas quando existe alguma emergência, ou quando querem fazer alguma compra, mas quando você se planeja, essa também pode ser uma forma de conseguir um dinheiro extra e economizar, unindo o dinheiro do crédito ao dinheiro que você já tem, e sabendo como investir.

Então, nesse artigo vamos descobrir novas formas de economizar dinheiro e falar sobre como modalidades de crédito e investimentos conscientes podem te ajudar a fazer isso. 

  1. Anote todos os seus gastos!
  2. Planos para economizar dinheiro;
  3. Tipos de crédito e alternativas para economizar dinheiro;
  4. Investir ao invés de guardar;
  1. Anote todos os seus gastos!

Vamos começar com um clichê, porque ele é importante para o nosso passo a passo. Anotar todos os gastos faz diferença na rotina financeira, porque é isso que vai determinar quanto você realmente pode guardar e, o mais importante para economizar, quanto pode gastar.

É sempre bom realizar esse balanço pensando em reservar algum dinheiro, por menos que seja. Não adianta reduzir os gastos e não deixar um montante reservado para fazer render, a menos que seu objetivo seja sair do aperto, mas falaremos disso depois!

O ponto principal aqui, é conseguir visualizar sua situação financeira, já que às vezes, na correria do dia a dia, fica difícil identificar quais são nossos principais gastos e encontrar brechas para economizar, assim como novas oportunidades. Uma vez que você tem todos os detalhes estabelecidos, fica mais fácil começar a fazer planos. 

  1. Planos para economizar dinheiro;

Planejar é mais do que apenas saber quando o dinheiro cai na conta e quando você começa a pagar as contas, embora isso também seja sempre importante. O que é uma boa alternativa aqui, é começar a observar outras alternativas. 

Muitas pessoas não percebem as oportunidades financeiras porque não estão olhando para elas, ou não sabem que algo é uma possibilidade. Falando de dívidas, por exemplo, renegociar as já existentes e reduzi-las a uma única dívida é um plano na maioria das vezes eficaz, mas nem sempre as pessoas chegam a essa conclusão. 

Ao invés de se planejar para diversas situações, definir um objetivo é importante. Ao decidir economizar dinheiro, você pode estar querendo quitar dívidas, fazer uma grande compra, acumular rendimentos, criar um plano de emergência, fazer as contas fecharem de maneira mais tranquila ou criar um fundo de segurança para o futuro. Qualquer que seja o seu principal objetivo, é necessário definir sua prioridade. Isso vai fazer total diferença na forma como você economiza, visto que para pagar dívidas, por exemplo, normalmente se tem menos tempo do que para acumular economias. 

Então, o segredo é não sair economizando sem rumo, mas ter um plano e um objetivo final, já que em alguns casos, você vai poder fazer seu dinheiro render, enquanto em outros, suas economias serão feitas já sabendo onde serão gastas. 

E tenha em mente que não estamos falando de um plano complicado. Às vezes, saber onde quer chegar já é o necessário. Assim, trace o plano simples com valor, tempo e objetivo. Por exemplo:

Economizar R$5.000 em quatro meses para pagar uma dívida de cartão.

A esta altura, você deve estar se perguntando: se está precisando economizar justamente para conseguir mais dinheiro, existe uma forma de fazer essa economia render?

  1. Tipos de crédito e alternativas para economizar dinheiro:

O primeiro pensamento da maioria das pessoas que precisam de uma grana extra, para qualquer que seja a finalidade, é investir em uma renda extra, fazer um empréstimo ou conseguir crédito. Na maioria das vezes, elas optam por alternativas comuns, as mais usadas. Mesmo assim, hoje, existem várias opções de crédito no mercado, mais ideais para cada situação. O ideal, é sempre conversar com especialistas e saber suas opções.

E se quiser saber mais, você pode gostar do nosso texto:

 Você sabe o que é Crédito Consciente? Saiba qual a melhor modalidade de crédito.

Entre as medidas que podem ser tomadas, é preciso pensar, novamente, no objetivo da sua economia:

Empréstimo: Fazer um empréstimo para conseguir dinheiro para um fundo de economia pode ser uma boa alternativa, se você não tem dívidas. O fundamental, no entanto, é prestar atenção nos juros. Eles precisam ser baixos, e as parcelas precisam ser vantajosas, tanto no valor recebido quanto na hora de pagar. Não faça um empréstimo sem que exista um plano para pagar, ou necessidade.

Cartão de Crédito: O cartão de crédito não costuma ajudar muito na hora da economia, e é considerado um dos maiores vilões para as dívidas. No entanto, para quem quer economizar, prestando atenção aos gastos, é possível usar o cartão de crédito como aliado. Se limitar a um valor de gastos por mês e se planejar para pagar apenas o que couber na fatura, pode ser um bom caminho para ajudar a controlar as contas. Não tenha medo dos limites. Pense no limite como um aliado. 

Crédito com garantia: Ao utilizar algo que você já possui como garantia de retorno fica mais fácil se controlar e ter certeza que será possível pagar. O crédito com garantia de imóvel tem diversas vantagens, garante parcelas em valores maiores e taxas menores, com mais tempo para pagar. Não é atoa que é utilizado para fundos de economia, quitar dívidas e até mesmo fazer reformas. 

Se você quiser conhecer bem essa modalidade e suas vantagens, pode conferir nossos artigos:

Conhecendo o Crédito com Garantia Imobiliária

Crédito com garantia de imóvel cresce em 2021

Refinanciamento de imóvel: 5 dicas para fazer seu crédito render

Renda extra: A renda extra requer planejamento e também é sobre saber identificar oportunidades. Como é necessário ter um fundo mínimo para investir, ela também pode requerer mais tempo, mas os resultados costumam ser a longo prazo. Na hora de conseguir capital, também é ideal ter uma forma de retorno. 

Também temos um artigo sobre crédito com garantia e capital de giro:

Como conseguir capital de giro com refinanciamento?

Investir: O retorno de investimentos também é útil na hora de economizar dinheiro, afinal de contas, trata-se de um valor que volta para você e ainda te ajuda a guardar suas economias. Uma das maiores dificuldades de quem quer economizar, é deixar o dinheiro quieto. Então, nada melhor do que ver ele rendendo, não é?

  1. Investir ao invés de guardar:

Uma poupança pode ajudar e muito a economizar dinheiro, mas por que não fazer esse valor render? Assim como o crédito com garantia de imóvel, que torna mais fácil conseguir retorno a partir de um valor que você já tem – nesse caso, o da casa – o investimento permite multiplicar os rendimentos ao invés de deixar parado um dinheiro que não será gasto. 

Hoje, existem modalidades de investimento que te permitem guardar pequenas quantias. Todo dinheiro que você conseguir aplicar é válido, afinal, como diria o ditado: de grão em grão a galinha enche o papo. 

Investimentos de renda fixa, por exemplo, os famosos CDBs e RDBs, costumam ser boas alternativas para quem quer fazer render ao mesmo tempo que guarda dinheiro. Eles podem ser de liquidez diária, ou com um tempo pré-estabelecido, o que ainda te ajuda a manter o dinheiro sob controle. 

Para saber como investir e multiplicar as economias, confira nossos artigos:

Educação financeira e crédito imobiliário – como aprender para investir

CDBs e RDBs – O que são e qual a diferença?

CDBS de liquidez diária – Saiba como investir!

Além disso, você pode unir alternativas. O crédito com garantia de imóvel, por exemplo, também é comumente usado como fundo de investimento. Sendo assim, você pode traçar um plano onde as suas economias, unidas ao crédito da garantia sejam o valor a ser aplicado nos investimentos, se tornando um fundo rendimentos que vai te ajudar a ter as finanças sempre bem controladas. 

Ao fim de tudo isso, já sabe, né? Anote tudo! Assim, você sempre vai saber quanto tem. 

Para saber mais dicas de economia, ficar por dentro do mercado financeiro e desvendar alternativas, não deixe de acompanhar os conteúdos da Keycash. E para fazer simulações e começar a traçar o seu plano, fale com um de nossos especialistas. Nossa plataforma de crédito está aqui para descomplicar a sua vida!

Assine nossa Newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos.

    Você também pode gostar de: